TOP 5 Piores Jogos de Mortal Kombat

Quando alguém te pergunta sobre seus jogos favoritos de Mortal Kombat, vem vários na sua mente, certo? Afinal, a série tem jogos excelentes e qualidade é o que não falta na maioria deles. Falando nisso, veja aqui o TOP 10 Melhores Jogos de Mortal Kombat.
Mas também não podemos ser imparciais, a franquia já fez alguns jogos bem ruins. E esteja atento, quando digo "ruins", não significa que é falta de capricho na produção ou que o jogo é cheio de defeitos e é uma porcaria. "Ruim", nessa lista, serão vários aspectos que precisamos levar em consideração na experiência final do jogo que deixaram muito à desejar, tornando o game menos atrativo que os outros. E vou admitir, este TOP 10 não terá 10 itens, e sim 5, pois os jogos que podem ser considerados "ruins" de Mortal Kombat são alguns poucos, não existem 10 que sejam tão ruins assim.
Esse TOP 5 à seguir vai te mostrar quais são os 5 PIORES jogos de Mortal Kombat! A lista está organizada de acordo com uma ordem onde o primeiro é o "menos pior" e o último é o "pior de todos", de acordo com a opinião da Casa Mortal Kombat. 


5- MORTAL KOMBAT 4
PIORES ELEMENTOS:
Gráficos totalmente diferentes dos games anteriores
Jogabilidade 2D / 3D 
Fatalities repetidos para vários personagens


Talvez o melhor game dessa lista negativa, Mortal Kombat 4, lançado em 1997, foi o último da série a ir para os Arcades e também foi o primeiro a ser feito em 3D, já que a tecnologia dos videogames na época estava tomando novos rumos. E é justamente esse fato que fez este jogo dividir águas. Ou você ama ou você odeia o quarto MK. Os jogos anteriores utilizavam atores reais para capturar os movimentos dos personagens, e isso deixava os gráficos dos lutadores incríveis, destacando-os de todos os outros jogos de luta onde os personagens eram quase sempre desenhados. Mas remodelando os gráficos em 3D fez Mortal Kombat ser praticamente igual à todos os games de luta da época, como Tekken 3, por exemplo. A jogabilidade continuava 2D mas tinha alguns elementos em 3D, como a opção de "andar para cima e para baixo" pelo cenário, isso deixava a jogatina um tanto quanto confusa. Não estou dizendo que os gráficos são péssimos, afinal, era o que dava pra fazer na época. Mas foi um choque e tanto para alguns fãs, que criticaram, e para outros nem tanto, que adoraram.

4- MORTAL KOMBAT VS. DC UNIVERSE
PIORES ELEMENTOS:
Ausência de violência e Fatalities
Ausência de violência e Fatalities
Eu já disse ausência de violência e Fatalities?


Num período cada vez mais negativo da franquia, Mortal Kombat vs. DC Universe, lançado em 2008, não levou a série para melhores caminhos. Foi a primeira vez que os personagens de MK enfrentaram personagens de outro universo, e por razões óbvias, os heróis da DC Comics não poderiam ser vistos decapitados ou com os braços arrancados, e o resultado foi um game com classificação etária de 13 anos, enquanto todos os outros jogos da franquia haviam sido para maiores de 18. Ou seja, nada de Fatalities violentos aqui, amigos. Sangue? Tem sim, mas só um pouquinho. Alguns Fatalities chegam a ser ridículos, onde o personagem só pula em cima de outro e acabou. O grande problema é que a série já estava sofrendo com a ausência de Fatalities desde MK Armageddon, então outro game sem toda a violência que consagrou a franquia não foi muito bem recebido. Tirando esse fato, o jogo é um bom game de luta, com jogabilidade muito boa e modos de jogo interessantes, e se você for um fã dos quadrinhos da DC, vai conseguir curtir bastante. Mas sendo um fã de Mortal Kombat, a história pode ser outra... 

3- MORTAL KOMBAT TOURNAMENT EDITION
PIORES ELEMENTOS:
Jogabilidade limitada
Gráficos não atrativos
Efeitos sonoros muito repetitivos


Após o lançamento de Deadly Alliance, o portátil Game Boy Advance recebeu uma versão exclusiva do game, chamada Tournament Edition, em 2003. O jogo é bem divertido e oferece as lutas que estamos acostumados, porém, jogando por alguns minutos você já percebe algumas coisas que podem te deixar desapontados. Primeiro, os gráficos não são essas coisas. Eu sei, eu sei, o porte do Game Boy Advance não suportaria gráficos melhores, mas é difícil não reparar nisso. A jogabilidade do game também tem algumas limitações e você não tem possibilidade de executar golpes tão diferentes, sem contar nos bugs de algumas lutas, onde é possível você acertar golpes sem parar até o oponente perder a partida... E as vozes dos personagens? Você vai ouvir "gritos" estranhos e iguais o tempo todo. Literalmente, o tempo todo, e isso pode te deixar incomodado. Se um personagem levou um soco ele vai gritar "UÓÓRGH", se ele levar um golpe de espada ele vai gritar "UÓÓRGH", e se ele levar um Fatality: "UÓÓRGH".

2- MORTAL KOMBAT ADVANCE
PIORES ELEMENTOS:
Inteligência artificial extremamente alta
Jogabilidade limitada
Causa desânimo


Lançado em 2001, o Mortal Kombat Advance foi uma versão exclusiva do Ultimate Mortal Kombat 3 para o Game Boy Advance. E apesar de UMK3 ser um dos melhores games da série, essa conversão para o portátil da Nintendo foi horrível. Tudo bem, vamos combinar que o game permaneceu fiel, com seus personagens, cenários e movimentos. Mas a jogabilidade é muito limitada, é bem difícil você conseguir lutar direito neste game, os golpes e combos quase não acertam o oponente e os movimentos dos personagens parece sempre bugado. E pra piorar, você não será capaz de passar da primeira luta ao jogar contra a máquina. Sério. A inteligência artificial desse jogo é altíssima, e se você alterar para mais fácil, talvez você chegue na terceira luta. Todos esses fatores combinados resultam naquela sensação de "ah, não quero mais jogar esse jogo". O único motivo de MK Advance não estar em primeiro nessa lista, é porque apesar de todos os defeitos, ele ainda é um jogo com o estilo de Mortal Kombat, com as lutas e os Fatalities que estamos acostumados, ao contrário do primeiro da lista...

1- MORTAL KOMBAT SPECIAL FORCES
PIORES ELEMENTOS:
Atmosfera totalmente diferente de Mortal Kombat
Ausência de sangue e Fatalities
Ausência de outros personagens e trama envolvente

Nem sei por onde começar a falar desse jogo... Bom, vamos lá. Mortal Kombat Special Forces é o segundo título de aventura da franquia, exclusivo do Playstation, lançado em 2000. Ao contrário do antecessor de aventura, Mythologies Sub-Zero, esse foi focado na jogabilidade totalmente em 3D e o personagem principal é Jax. Primeiramente, a história é fraquíssima. Trata-se de Jax perseguindo Kano e outros bandidos, só. Todos os cenários e atmosfera do game não remetem à Mortal Kombat nem por um minuto, parece mais um jogo aleatório do que um jogo da série. Nele, você controla Jax e entra na porrada com alguns inimigos que vão aparecendo, de vez em quando alguns chefes também, incluindo Tremor. Também há a possibilidade de você utilizar armas, como um jogo de tiro em terceira pessoa. Sangue? Não, não tem. Fatalities? Piorou. Muitos jogadores e fãs da série criticam bastante esse game, e com razão. Se pusermos todos os jogos lançados até hoje de Mortal Kombat numa lista, Special Forces seria com certeza o pior deles. Se você for jogar, não espere muito desse título. Na verdade, não espere nada! Pobre Jax, é um personagem tão legal para um jogo tão ruim...

E aí, concorda com a lista? Discorda? Acha que faltou algum? Deixe nos comentários!

0 Response to "TOP 5 Piores Jogos de Mortal Kombat"

Postar um comentário

Kombatente, visite também estas páginas: