TOP 10 Melhores Jogos de Mortal Kombat

Todos nós temos um carinho especial por alguns jogos de Mortal Kombat, seja porque marcaram nossa infância, porque temos boas memórias com eles, ou porque foram os que mais jogamos e nos divertimos. Mas você já parou pra pensar quais são os melhores jogos da série? Já parou pra pensar em qual é o melhor de todos?
Esse TOP 10 à seguir vai te mostrar quais são os 10 MELHORES jogos de Mortal Kombat! A lista está organizada de acordo com alguns critérios: história, jogabilidade, diversão, e é claro, sangue! Acompanhe a classificação dos 10 melhores de acordo com a opinião da Casa Mortal Kombat. 


Vamos ao nosso TOP 10!

10- MORTAL KOMBAT MYTHOLOGIES SUB-ZERO
HISTÓRIA: 7
JOGABILIDADE: 6
DIVERSÃO: 7
SANGUE: 6


Mortal Kombat Mythologies Sub-Zero foi o primeiro jogo em estilo aventura da franquia, lançado em 1997 para Playstation 1 e Nintendo 64. Nele, você controla Sub-Zero num período da história que antecede o primeiro Mortal Kombat. Os acontecimentos são bem interessantes, mostrando o papel de Quan Chi na rivalidade de Sub-Zero e Scorpion, além de ter participações de Shinnok, Raiden, e no fim do game, Shang Tsung. A proposta de aventura em 2D foi ousada e acabou dando certo, apesar de em alguns momentos do game a jogabilidade tornar as coisas um pouco difíceis. E não pense que por ser aventura você não irá lutar, você irá, e muito! Inimigos aparecem a todo instante e conforme você avança no game, suas habilidades e golpes melhoram. As batalhas com os chefes também são divertidas e o jogo possui alguns enigmas. Pode se tornar um pouco cansativo ficar andando o tempo inteiro (porque se você sair correndo pode muito bem cair num buraco ou ser surpreendido por armadilhas), mas o game vale a pena!


9- MORTAL KOMBAT ARMAGEDDON
HISTÓRIA: 8
JOGABILIDADE: 6
DIVERSÃO: 7
SANGUE: 7

Com lançamento em 2006 para Playstation 2 e Xbox e em 2007 para Nintendo Wii, Mortal Kombat Armageddon deu fim aos jogos Mortal Kombat da 6ª geração de video-games. E falando em "dar fim", esse jogo literalmente matou todos os personagens da série. Na história, eles eram tão poderosos e numerosos que acabaram causando o Armageddon. Mesmo que tenha sido muito criticado pela ausência de Fatalities próprios, o jogo não é exatamente ruim. É verdade que ele trouxe todos os personagens dos jogos anteriores, mas alguns deles tinham movimentos muito semelhantes à outros, tornando a experiência das lutas um pouco repetitivas. Mas isso não evita que elas sejam divertidas e dinâmicas. O modo aventura Konkest muito bem desenvolvido e o mini game extra Motor Kombat também dão um tempero especial pro jogo, que também tem a possibilidade do jogador customizar e criar um personagem. Apesar dos pontos negativos, o game proporciona uma boa experiência, então não seja preconceituoso.

8- MORTAL KOMBAT 1
HISTÓRIA: 8
JOGABILIDADE: 7
DIVERSÃO: 7
SANGUE: 7

O ano era 1992. Mortal Kombat dava as caras conquistando todos os fanáticos por fliperamas. Extremamente inovador, com gráficos realistas, e violência nunca antes vista em video-games, a franquia havia começado. Com uma história misteriosa envolvendo um artista marcial, um ator de Hollywood, uma tenente americana, um Deus Ancestral, um ladrão assassino e dois ninjas, Mortal Kombat nos cativou. Bastava escolher um dos personagens e lutar contra todos até enfrentar Goro e Shang Tsung. O primeiro jogo teve muitos pontos positivos justamente por ser tudo muito novo para a época, mas os lançamentos posteriores nos mostraram pontos que poderiam ter sido melhorados nesse game, especialmente a jogabilidade. Mas deixando isso de lado, o Mortal Kombat 1 é indispensável, você precisa jogar.

7- MORTAL KOMBAT DECEPTION
HISTÓRIA: 6
JOGABILIDADE: 7
DIVERSÃO: 8
SANGUE: 8

Tendo seu lançamento em 2004 para Playstation 2 e Xbox, e em 2005 para GameCube, Mortal Kombat Deception foi um dos jogos mais caprichados da série. Os personagens voltaram a ter 2 Fatalities, mais violentos do que haviam sido nos games anteriores, e pela primeira vez podíamos acabar uma luta cometendo suicídio (Hara-Kiri). O modo Konkest ganhou uma versão de aventura mais divertida do que em MK Deadly Alliance. Além das lutas clássicas com diversas novas interatividades como as Death Traps, também temos modos extras de Xadrez e Puzzle, que são bem interessantes. O Rei Dragão Onaga, antigo imperador da Exoterra, faz sua estréia como grande vilão neste jogo, e toda a história do game gira em torno dele. Também é nesse jogo que Raiden morre e retorna em sua forma sombria, além de também termos Liu Kang morto-vivo. Com tantos conteúdos, é difícil enjoar de Deception. Esse com certeza merece sua atenção!

6- MORTAL KOMBAT TRILOGY
HISTÓRIA: 7
JOGABILIDADE: 8
DIVERSÃO: 7
SANGUE: 7

Após o lançamento de MK3 e Ultimate MK3, Mortal Kombat Trilogy veio fechar com chave de ouro os games 2D da franquia. Lançado em 1996, ele trouxe de volta todos os personagens que já haviam aparecido nos games anteriores, incluindo os chefes Goro, Kintaro, Motaro e Shao Kahn, pela primeira vez jogáveis. Todas as arenas dos jogos anteriores também retornaram, dando uma grande variedade para as lutas, que tinham uma jogabilidade muito boa, com dinamismo e rapidez nos combos dos personagens. E falando em variedade, você poderia escolher diversas formas de finalizar seu oponente: com Fatalities, Brutalities, Babalities, Friendships ou Animalities. A história do jogo deixou bem claro que Shao Kahn terá muita dificuldade para se tornar uma ameaça novamente, e de fato, depois de Trilogy, Shao Kahn só retorna como grande vilão na linha do tempo alternativa de Mortal Kombat (2011). Apesar de ser o game onde os personagens tem 15 vezes mais ossos do que deveriam ao explodirem, Mortal Kombat Trilogy é um título essencial na coleção de qualquer fã.

5- ULTIMATE MORTAL KOMBAT 3
HISTÓRIA: 7
JOGABILIDADE: 8
DIVERSÃO: 7
SANGUE: 7

Como assim não tem o Scorpion no Mortal Kombat 3? 
Pois é, após o lançamento controverso de MK3, o Ultimate Mortal Kombat 3 veio alegrar em 1996 todos que ficaram tristes com a ausência dos personagens mais amados da série. Alguns dizem que a Midway só fez esses lançamentos para tentar maximizar os lucros de MK3... A história era a mesma do jogo anterior, porém com a participação de novos personagens. As lutas continuavam rápidas e dinâmicas, com combos e movimentos que deixavam os jogadores de boca aberta. Esse título só ficou na frente do Mortal Kombat Trilogy neste TOP 10 por uma razão: apesar de Trilogy ser praticamente o mesmo jogo porém com mais personagens, Ultimate Mortal Kombat 3 é o favorito de muitos fãs, principalmente porque ele teve sua versão inicial para Fliperama, ao contrário do Trilogy que só foi lançado para consoles caseiros. A verdade é que UMK3 é um jogo pra ninguém botar defeito.

4- MORTAL KOMBAT SHAOLIN MONKS
HISTÓRIA: 6
JOGABILIDADE: 9
DIVERSÃO: 8
SANGUE: 8

Talvez um dos jogos mais populares da franquia, Mortal Kombat Shaolin Monks foi lançado em 2005 e é muito lembrado até hoje. Ele é um spin-off da franquia e revive a história de MK2 em forma de uma aventura muito bem construída. Os protagonistas Liu Kang e Kung Lao são controlados pelo jogador e vão visitando cenários clássicos da série, enfrentando inimigos já conhecidos e igualmente clássicos. A grandíssima variedade de Fatalities é um grande destaque. Apesar do jogo ser relativamente curto, às vezes repetitivo, e não ter gráficos impressionantes, a jogabilidade e as mecânicas de luta 3D são um prato cheio, tornando a experiência dos combates muito boa, e é ainda melhor quando você joga com algum amigo em modo Ko-op. E se você acha que o jogo tem poucos personagens, a quantidade de conteúdos extras (incluindo o MK2 original) vai te satisfazer por várias horas. 

3- MORTAL KOMBAT X
HISTÓRIA: 6
JOGABILIDADE: 9
DIVERSÃO: 9
SANGUE: 10

A última palavra no que se refere a violência nos jogos de Mortal Kombat. MKX foi lançado em 2015 para os consoles atuais e foi o maior lançamento que já vimos de algum jogo da série. Apesar de ter uma história pouco explorada e recheada de clichês, os pontos negativos ficam ofuscados pela sua jogabilidade fantástica, Fatalities perturbadores e gráficos excelentes. Além de ter grandes personagens da série, novos iniciantes também são apresentados, incluindo filhos da geração antiga de lutadores. E para fechar a festa, Alien, Jason, Predador e Leatherface também foram convidados para o kombate. Você tem também a possibilidade de se afiliar à uma Facção e lutar pela sua causa junto de outros jogadores da mesma Facção. Com uma quantidade absurda de conteúdos, incluindo inúmeros Brutalities, Mortal Kombat X merece vários meses da sua jogatina.

2- MORTAL KOMBAT 2
HISTÓRIA: 7
JOGABILIDADE: 8
DIVERSÃO: 10
SANGUE: 9

Ah, o Mortal Kombat 2... Lançado há mais de duas décadas, em 1993, ainda é um dos mais amados jogos da série. E com razão! A sequência do primeiro Mortal Kombat deu um salto gigantesco de qualidade. Os gráficos incríveis para a época, a violência sanguinária, a trilha sonora fantástica e a jogabilidade ótima tornaram esse game um grande marco na história da franquia. Grandes personagens como Mileena, Kitana, Shao Kahn, Kung Lao, Jax e Baraka fizeram sua estréia nesse jogo, além de trazer de volta Liu Kang, Raiden, Johnny Cage, e é claro: Scorpion e Sub-Zero. Sua história mostra que não devemos considerar apenas Shang Tsung uma ameaça, afinal Shao Kahn é uma ainda maior. As lutas também são extremamente divertidas, mesmo possuindo apenas 12 personagens. Não podemos negar que Mortal Kombat 2 é um ícone na história dos jogos de luta.

1- MORTAL KOMBAT (2011)
HISTÓRIA: 7
JOGABILIDADE: 10
DIVERSÃO: 9
SANGUE: 10

Depois de um período ruim na história da franquia, o Mortal Kombat 9 lançado em 2011 fez a série renascer das cinzas como uma fênix em chamas. Esse título fantástico trouxe de volta toda a violência que sentimos falta no MK vs DC, todos os Fatalities que sentimos falta em MK Armageddon e toda a jogabilidade que sentíamos falta desde os jogos 2D. Com quase todos os personagens dos três primeiros jogos (incluindo a participação especial de Kratos e Freddy Krueger), a história faz Raiden voltar no passado e tentar impedir que todos os lutadores morressem no Armageddon, mas isso traz consequências horríveis à muitos personagens... Esse jogo nos trouxe aquela sensação nostálgica das lutas rápidas em 2D com gráficos da última geração na época. O modo história é bem explorado, as arenas são inúmeras, os conteúdos são quase incontáveis e a diversão é total! Mortal Kombat (2011) foi o grande responsável pelo retorno dos jogos da franquia à popularidade nos jogos de luta, e terá sempre um lugar especial no coração dos fãs (antes que Kano os arranque).

E aí, concorda com a lista? Discorda? Acha que faltou algum? Deixe nos comentários!

0 Response to "TOP 10 Melhores Jogos de Mortal Kombat"

Postar um comentário

Kombatente, visite também estas páginas: